Voltar para  Basquete  notícias
Boletim NBA: Pelicans espera poder contar com Zion em janeiro
Jan 2, 2020, 3:19:00 PM

Boletim NBA: Pelicans espera poder contar com Zion em janeiro

Os próximos meses serão bem movimentados na principal liga de basquetebol norte-americana. O time do Pelicans, por exemplo, espera poder contar com o craque Zion Williamson, o qual possivelmente estará recuperado de sua lesão. Já o Lakers seria o time de interesse de Darren Collison, que anunciou recentemente seu interesse em retornar a NBA.

Enquanto isso, o 76ers espera poder reencontrar o caminho das vitórias. Afinal, o Philadelphia perdeu seu terceiro jogo consecutivo e chegou a estar 36 pontos atrás do placar contra o Pacers. E, para acompanhar toda essa movimentação de início de ano, sugerimos que você crie sua conta hoje mesmo. Assim você estará por dentro das principais notícias da NBA.


A esperança do Pelicans

A campanha do New Orleans está longe de ser boa na temporada regular da NBA. O Pelicans está entre os últimos times da conferência oeste com um aproveitamento abaixo de 35%. Apesar das estatísticas não estarem favoráveis, notícias recentes trouxeram novos ares para a franquia do atleta Brandon Ingram.

O Pelicans venceu seus quatro últimos confrontos e, além da boa sequência de vitórias, algo que ainda não tinha acontecido com tanta frequência ainda na temporada regular, o New Orleans recebeu a notícia de que Zion Williamson poderá estar de volta ao grupo logo no mês de janeiro de 2020.

Astro da última edição da competição de basquete universitário, Zion era esperança para que o Pelicans conseguisse uma posição de destaque na liga 2019/2020. Mas Williamson acabou se lesionando e ficando de fora dos confrontos do New Orleans, o que impactou diretamente a campanha do elenco na NBA até o momento.

Com a volta de Zion, e a boa sequência de vitórias do Pelicans, o New Orleans tem grandes condições de alcançar uma vaga nos playoffs e conseguiu recuperar-se em um momento chave da liga. Afinal, caso continuasse com os resultados ruins, dificilmente o grupo de Williamson teria alguma possibilidade de classificação.


Collison quer voltar a NBA 

Após anunciar sua aposentadoria, Collison parece estar arrependido. Ao que tudo indica, Darren estaria disposto a voltar para a NBA em 2020. Com passagens pelo Indiana, Sacramento, Clippers, Dallas e New Orleans, o experiente atleta poderia ser uma boa opção para o Los Angeles Lakers.

Além do Lakers, o Clippers também poderia ser um dos destinos de Collison, já que a família do atleta mora no mesmo estado dessas franquias. E algumas estatísticas ajudam a entender o quão bom Darren seria para ajudar os times de Los Angeles em busca dos playoffs e título da conferência.

Collison foi o líder em percentual de acerto de 3 pontos na temporada 2017-2018, enquanto jogava pelo Indiana. Darren obteve 46,8%, percentual que não foi batido por nenhum dos outros atletas da liga. Já pelo Sacramento, o jogador de 32 anos alcançou seu recorde em pontos por jogo em uma temporada, com 16,1.

Entre os 10 melhores pontuadores de 3 pontos até o momento, o Lakers não possui nenhum atleta. O melhor colocado no ranking de percentual de acertos em tentativas de 3 pontos por parte do Los Angeles é Kentavious, que tem 42,7%. E Collison tem plenas condições de mudar esse panorama.

Caso Collison decida por ir para o Lakers, isso aumentará ainda mais as chances de o Los Angeles conseguir ótimos resultados contra seus adversários. Resta saber se Darren receberá a oferta que deseja, ou se voltará a surpreender os analistas com mais uma nota de aposentadoria em sua carreira.


Enquanto isso, no 76ers...

Três derrotas consecutivas e problemas para resolver. Essa é a situação do 76ers logo no início de 2020. O time do Philadelphia foi surpreendido pelo Pacers e perdeu por 115 a 97, em uma derrota que poucos atletas do time conseguiram explicar, mas Josh Richardson ao menos tentou.

“Eu não sinto que estejamos sentindo que a culpa é nossa” – disse Josh. “Temos novos caras no time que não querem pisar em falso, incluindo eu. Eu sinto que entramos para o jogo e não competimos tanto quanto poderíamos. Tivemos jogos que atuamos bem. Mas, quando as coisas não vão bem, nós temos que sentir a nossa culpa.”

Richardson é um dos melhores pontuadores do 76ers na temporada, com 15 em média. O líder do grupo é Joel Embiid, com 23,7 e Tobias Harris também está no top 3, com 19,4. Esses três atletas têm sido importantíssimos para que o Philadelphia ainda tenha chances de seguir para a etapa eliminatória da NBA.

Apesar de estar bem afrente do Nets na tabela de classificação, o 76ers precisa urgentemente organizar a casa para não sofrer mais novos reveses contra seus adversários. Afinal, caso os resultados negativos continuem aparecendo, possivelmente o Philadelphia enfrentará problemas para seguir para os playoffs.


Lanterna até quando?

O New Orleans Pelicans está ansioso para que Zion volte a jogar e traga muitos pontos para o time. Enquanto isso, o lanterna da conferência oeste precisa repensar diversas questões para tentar sair de onde está. Com uma ótima sequência de títulos recentemente, o Warriors parece estar totalmente fora dos eixos nesta temporada.

A campanha do Golden State é a pior da sua conferência. O time está com desfalques que estão comprometendo totalmente o aproveitamento do time na temporada. Dentre os atletas que estão no departamento médico estão Klay Thompson, o qual ficará de fora por toda a competição, e o astro Stephen Curry.

Curry e Thompson foram decisivos para a campanha do Warriors no ano passado. Stephen foi o principal pontuador do time do Golden State e vinha bem nesta temporada também, mas uma lesão inesperada acabou comprometendo o futuro do jogador na NBA. E ele será reavaliado em fevereiro de 2020.

Sem condições de contar com dois de seus principais atletas, o Warriors precisará voltar seus olhos para o mercado de jogadores. E um dos jogadores que o Golden State estaria de olho seria Karl-Anthony Towns, do Minnesota. Com uma média de mais de 26 pontos por partida, o jogador do Timberwolves poderia ser uma boa compra por parte do time californiano.

Caso o Golden State realmente oficialize a compra de Karl-Anthony, as chances do Warriors podem aumentar e a situação do grupo na tabela de classificação tende a melhorar. Mas não há dúvidas de que o campeão de 2015, 2017 e 2018 precisa urgentemente de melhoria ou então ficará de fora das finais pela primeira vez em 5 anos.


Palavras: Josh Dixon

Imagens: PA Images