Voltar para  Futebol  notícias
Brasileirão de Aspirantes 2022: Veja como os 16 participantes chegam para a competição.
Jun 30, 2022, 7:03:00 PM

Brasileirão de Aspirantes 2022: Veja como os 16 participantes chegam para a competição.

Com muitos times estreantes, o torneio sub-23 vai ser disputado até o dia 11 de agosto e é visto como oportunidade pelos clubes.

A sexta edição do Campeonato Brasileiro de Aspirantes tem seu pontapé inicial nesta quinta-feira, 30 de junho, e terá 11 rodadas, sete a menos que o ano passado. A final será disputada em jogo único, no dia 25 de setembro.

Confira a expectativa de cada um dos 16 participantes:

Grupo A

Brasil de Pelotas

Em situação complicada no futebol profissional, é o penúltimo colocado na Série C, o Xavante faz sua estreia no torneio.

O time é treinado por Antônio Freitas e vai contar com muitos jovens, a maioria que disputou o Gauchão Sub-20, sendo eliminado de forma surpreendente pelo Três Passos nas oitavas de final.

Grêmio

Atual campeão, o Grêmio tem bastante tradição na competição, afinal também foi vice em 2019. O Tricolor utiliza um time jovem, tentando dar maturidade para atletas entre 19 e 20 anos.

Sob o comando de César Lopes, que estava no comando em 2021, o Imortal tem destaques do ano passado, caso de Pedro Lucas e Vini Paulista, com novas apostas, caso de Léo Fenga.

A equipe base para a estreia deve ser: Hugo, Thomas Luciano, Martins, Heitor e Thiago Rosa; Gazão, Ronald e Pedro; Vini Paulista, Léo Fenga e Kevin Quejada.

Paraná Clube

Em boa fase na Série D, o Paraná Clube está de volta ao Brasileirão de Aspirantes, um torneio que serve como laboratório para jovens, de olho na disputa da segunda divisão do Campeonato Paranaense em 2023.

Sob o comando de Rodrigo Rojas, técnico do time sub-20, o Tricolor da Vila Capanema deve utilizar jogadores que não estejam atuando com frequência no time principal para fortalecer o elenco em algumas rodadas.

Vitória-BA

Lutando pela permanência na Série C, o Vitória acabou entrando de última hora no lugar do Criciúma e completando um grupo que teria apenas “sulistas”.

O Rubro-Negro deve utilizar o time sub-20, que foi vice-campeão estadual, treinados por Alexandre Grasseli.

Grupo B

Ponte Preta

Sob o comando de Felipe Moreira, a Macaca quer apagar seu desempenho ruim nas duas vezes que disputou a competição, quando foi lanterna da sua chave.

Para essa competição, a Ponte Preta fechou uma parceria com o Osasco e inclusive vai mandar seus jogos no Estádio Professor José Liberatti.

Red Bull Bragantino

Eliminado na segunda fase em 2021, o Massa Bruta é um dos favoritos ao título na competição.

A principal mudança aconteceu no banco de reservas, com Fábio Matias assumindo o lugar de Vinicius Munhoz.

Além de jogadores específicos da categoria, e que atuaram pelo Red Bull no Paulista Série A2, atletas do sub-20 podem reforçar eventualmente o time, assim como jogadores do time principal.

Vila Nova


O Tigre vive situação difícil na Série B, onde é o último colocado, mas confia no bom desempenho dos Aspirantes, que foram vice-campeões em 2020.

O Vila Nova vem embalado após conquistar o título do Campeonato Goiano Sub-20, contra o Atlético, e deve aproveitar boa parte dos garotos nesta competição.

Juventude

Semifinalista em 2020, o Juventude está de volta ao torneio com um time sub-20, o mesmo que está na disputa do Gauchão da categoria, competição onde o Ju se classificou para as quartas de final e enfrenta o Ypiranga de Erechim.

Alexandre Lemos será o comandante do time de Caxias do Sul.

Grupo C

Botafogo

Sob o comando de Lúcio Flávio, o time de Aspirantes do Fogão é um projeto pessoal de John Textor, que desde sua chegada apontou que o clube pode utilizar bem essa categoria.

Mais de 20 atletas chegaram para a base alvinegra e muitos vão estrear pelo clube no torneio. A intenção de Textor é que o time de Aspirantes dispute o Carioca em 2023.

Fluminense

Semifinalista em 2020 e eliminado na primeira fase em 2021, o Tricolor das Laranjeiras é um time forte na categoria.

Cadu Arantes substituiu Ailton Ferraz, que virou coordenador, e chama atenção o número de atletas formados em Xerém: 24 dos 28 atletas do elenco.

Náutico

O Timbu faz sua estreia na competição. Campeão Pernambucano e em situação ruim na Série B, o Náutico quer utilizar o torneio como trampolim para o time profissional.

Sob o comando de Dudu Capixaba, auxiliar do técnico Roberto Fernandes, o time de aspirantes deve contar com atletas que não estão sendo  utilizados na equipe de cima e outros do time sub-20.

Sport


O Leão perdeu seu lugar no Brasileiro Sub-20 e com isso decidiu ocupar o calendário da base com o torneio de Aspirantes.


Sued Lima será o técnico do Sport neste torneio.

Grupo D

CSA

Sob o comando de Bebeto Moraes, o CSA faz sua primeira participação na competição.

O clube volta a abrir suas divisões de base, que estavam fechadas desde o início da pandemia, em 2020, e projeta uma boa campanha.

Cuiabá

Estreante em 2021, quando fez uma campanha tímida e caiu na primeira fase, o Dourado será treinado por Willian Araújo e manteve atletas que atuaram na última edição, além de jovens que já atuaram pelo clube neste ano, inclusive na Copa Sul-Americana.

Fortaleza

O Leão do Pici mira o sucesso do rival Ceará, que não disputa o torneio neste ano, campeão em 2020 e vice em 2021.
A equipe Tricolor foi semifinalista em 2021 e manteve o auxiliar Léo Porto no comando. A expectativa é encontrar peças que possam subir para a equipe profissional.

Paysandu

O Papão está de volta ao torneio e deve aproveitar a competição para dar rodagem nacional ao seu elenco sub-20.  Wilton Bezerra será o comandante do time.

Ainda não está conosco? Registre-se já e comece a se divertir!


Imagens: AP 
Texto: Fernando Pereira