Voltar para  Futebol  notícias
Fernandinho pode ser o ponto de equilíbrio para uma temporada vencedora do Athletico Paranaense
Jun 28, 2022, 11:23:00 AM

Fernandinho pode ser o ponto de equilíbrio para uma temporada vencedora do Athletico Paranaense

Dezessete anos depois, o meio-campista está de volta ao Furacão e sonha em fazer história.

Não é segredo para ninguém a boa gestão do Athletico Paranaense. O Furacão deu um salto de patamar nos últimos quatro anos com dois títulos da Copa Sul-Americana e um da Copa do Brasil. Financeiramente equilibrado, o clube dirigido pelo controverso Mario Celso Petraglia se notabilizou nos últimos anos por encontrar e formar jovens atletas e vendê-los por preços altíssimos, caso de Bruno Guimarães e Renan Lodi, jogadores que renderam uma fortuna aos cofres do CAP.

Em 2022, a intenção foi investir esses ganhos dos últimos anos e montar um time capaz de lutar por todos os títulos possíveis. Após tropeços iniciais e a demissão de dois treinadores, o experiente Felipão chegou, assumindo pelo menos até o final do ano a função de treinador, com a promessa de em 2023 ficar com um cargo de diretor de futebol.

O experiente técnico do penta comandou uma revolução ao clube, dando confiança aos atletas e acumulando uma invencibilidade de onze jogos, subindo para o terceiro lugar no Campeonato Brasileiro e avançando para as oitavas de final da Copa Libertadores. Na Copa do Brasil, vitória em Salvador por 2 a 1 sobre o Bahia, é um passo importante para a classificação, que pode ser consolidada daqui duas semanas.

Na véspera da partida contra o Libertad, pela Libertadores, o clube anunciou o retorno do meio-campista Fernandinho, atleta que iniciou sua trajetória profissional pelo clube e que passou 17 anos no futebol europeu, disputando duas Copas do Mundo e virando referência no Manchester City de Pep Guardiola.

Hoje ele atua como volante, mas sua trajetória no Furacão, iniciada em 2003 em um clássico contra o Paraná Clube, foi mais a frente, como meia, e viveu o auge em 2004, como um ala-direito no esquema de Levir Culpi, no time que foi vice-campeão brasileiro daquele ano.

Fernandinho atuou pelo Athletico em um outro momento do clube, que vivia sua primeira grande transição após o título do Campeonato Brasileiro em 2001. Além do vice-brasileiro, ele também participou da campanha do vice-campeonato da Libertadores da América em 2005, se despedindo na derrota por 4 a 0 para o São Paulo, na final, no Morumbi.

Foi para o Shakhtar Donetsk da Ucrânia, o primeiro destino de diversos atletas talentosos daquela geração, ficando até 2013 no clube e saindo rumo ao Manchester City, onde alcançou o auge.

Foram cinco títulos da Premier League, o último em 2022, além de seis Copas da Liga Inglesa e uma FA Cup.

Na seleção sua trajetória começou em 2011 e passou por duas Copas do Mundo, 2014 e 2018. Na última, ficou marcado pelo gol contra na derrota por 2 a 1 para a Bélgica, que eliminou o Brasil do Mundial da Rússia.

Aos 37 anos, ele foi assediado por outros clubes, mas preferiu voltar ao Athletico, onde assinou um contrato até 2024, quando pretende encerrar a carreira.

Ele chega para ser o ponto de equilíbrio em um time jovem e com muito potencial. Junto com Felipão, o volante é a peça que pode tornar a temporada 2022 inesquecível para os rubro-negros.


Ainda não está conosco? Registre-se já e comece a se divertir!

Imagens: AP 
Texto: Fernando Pereira